Monthly Archives: Maio 2011

e eu terei

Padrão

já se sentiu completo?

já ouviu alguma música que te deixe flutuando?

beijou alguém que você adora?

brincou de ser criança num dia de pleno trabalho?

riu e gargalhou fazendo todos rirem?

não pensou mais em dinheiro?

deixou alguém feliz?

fez alguma boa ação?

sentiu a plenitude que nós deveríamos ter ?

o que será essa tal felicidade?

como espalha-la?

como senti-la de verdade?

se arrepiar com momentos simples porém felizes?

captando cada milímetro de felicidade pura?

pensando positivo?

vendo as pessoas ao redor bem junto com você?

é isso que eu quero

 

 

Anúncios

Amsterdam

Padrão

Come on, oh my star is fading

And I swerve out of control

If I, if I’d only waited

I’d not be stuck here in this hole

Come here, oh my star is fading

And I swerve out of control

And I swear, I waited and waited

I’ve got to get out of this hole

 

But time is on your side, its on your side, now

Not pushing you down, and all around

It’s no cause for concern

 

Come on, oh my star is fading

And I see no chance of release

And I know I’m dead on the surface

But I am screaming underneath

 

And time is on your side, its on your side, now

Not pushing you down, and all around

No it’s no cause for concern

 

Stuck on the end of this ball and chain

And I’m on my way back down again

Stood on the edge, tied to the noose

Sick to the stomach

 

You can say what you mean

But it won’t change a thing

I’m sick of the secrets

Stood on the edge, tied to the noose

And you came along and you cut me loose

You came along and you cut me loose

You came along and you cut me loose

metáforas

Padrão
cheguei a entrar no meio das chamas da felicidade
Doeu , queimou
Restaram apenas cinzas de mim
achei que nasceria verdade de uma grande mentira
pensei
''camufle a esperança,
não deixe de ser tomado pela surpresa.
E o tempo a deixará como ilusão provisória''

Brincadeira com a seriedade

Padrão

com as certezas ou incertezas

somos todos parecidos

aquilo que vem pela vida

bate  e dói , bate e revive

os pulsos são marcações de tempo

tempo é uma virtude

virtude é uma admirável vírgula da vida

a música percorre  todo o sentido de humor

a paz vem de dentro ,você quem constrói

a dúvida é a perdição da mente e do coração

se queres algo não duvide …não é para ser um conflito

apenas confie …e ele virá

Sampa

Padrão

Alguma coisa acontece no meu coração
Que só quando cruza a Ipiranga e a avenida São João
É que quando eu cheguei por aqui eu nada entendi
Da dura poesia concreta de tuas esquinas
Da deselegância discreta de tuas meninas

Ainda não havia para mim Rita Lee
A tua mais completa tradução
Alguma coisa acontece no meu coração
Que só quando cruza a Ipiranga e a avenida São João

Quando eu te encarei frente a frente não vi o meu rosto
Chamei de mau gosto o que vi, de mau gosto, mau gosto
É que Narciso acha feio o que não é espelho
E à mente apavora o que ainda não é mesmo velho
Nada do que não era antes quando não somos mutantes

E foste um difícil começo
Afasto o que não conheço
E quem vende outro sonho feliz de cidade
Aprende depressa a chamar-te de realidade
Porque és o avesso do avesso do avesso do avesso

Do povo oprimido nas filas, nas vilas, favelas
Da força da grana que ergue e destrói coisas belas
Da feia fumaça que sobe, apagando as estrelas
Eu vejo surgir teus poetas de campos, espaços
Tuas oficinas de florestas, teus deuses da chuva

Pan-Américas de Áfricas utópicas, túmulo do samba
Mais possível novo quilombo de Zumbi
E os novos baianos passeiam na tua garoa
E novos baianos te podem curtir numa boa

se amor fosse uma matéria todos nós tiraríamos O